como-as-redações-do-enem-são-corrigidas

Como as redações do Enem são corrigidas?

É difícil encontrar algum aluno que nunca tenha ficado nervoso com a redação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). E um dos problemas que os estudantes mais reclamam é a maneira como ela é corrigida.

Assim, é importante compreender como as redações do Enem são corrigidas para entender quando realmente há espaço para reclamações ou quando a correção foi justa. Por isso, vamos ver nesse blog quais são os critérios para a avaliação dos textos. Acompanhe!

Como as redações do Enem são corrigidas?

A redação do Enem é corrigida por dois avaliadores, que precisam avaliar a performance do candidato conforme as cinco competências consideradas pelo MEC (Ministério da Educação):

  1. Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa;
  2. Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa;
  3. Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista;
  4. Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação;
  5. Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

A cada competência é dada uma nota de 0 a 200 pontos. A nota final do candidato é a média aritmética desses pontos e pode alcançar até 1000 pontos. Quando a redação está sendo corrigida, as duas pessoas que estão avaliando não sabem qual foi a nota dada pelo outro avaliador. As avaliações são corrigidas por meio de uma ferramenta on-line, e os examinadores recebem os textos sem que eles estejam identificados.

Assim, se tiver uma diferença que seja maior que 80 pontos em uma das competências ou maior que 100 pontos no somatório final, a redação será corrigida por uma terceira pessoa. Se o terceiro corretor e os dois primeiros não chegarem a um consenso, a redação será analisada por uma banca examinadora, com três professores e presidida por um doutor, que definirão a nota final.

Divulgação das notas

Geralmente, os resultados das notas de cada prova e da redação são divulgados pelo Inep em janeiro (claro que isso depende de quando a prova for feita e se há alterações no calendário da prova) na página do candidato.

Os resultados de candidatos treineiros e espelhos de redação geralmente são divulgados em março, cerca de dois meses depois da divulgação oficial. O Inep não dá a possibilidade de recurso para contestar ou revisar a nota da redação, mesmo para quem tira nota zero. O espelho de redação apenas é disponibilizado para fins pedagógicos.

Leia mais: COMO TER UMA REDAÇÃO NOTA MIL NO ENEM?

Nota 1000 ou nota zero?

Muitos alunos passam o ano – ou pelo menos muitos meses – preparando-se para conseguir a nota máxima da redação do Enem, que é 1000. E o estudo costuma ser ainda mais intenso para aqueles que querem passar em uma faculdade com maior concorrência.

Entretanto, embora sejam milhões de inscritos no Enem a cada ano, somente algumas dezenas de participantes conseguem atingir esse feito. É importante salientar que, quando um aluno faz uma redação ganha nota máxima dada pelos primeiros dois examinadores, ela é encaminhada para uma banca corretora e, apenas depois dessa análise, a nota 1000 é confirmada.

Já a nota baixa (e também zero) é dada às redações que cometem pelo menos um dos erros listados a seguir:

  • fuga total do tema;
  • não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa;
  • texto com menos de 7 linhas;
  • impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação;
  • folha de redação em branco, mesmo que haja texto escrito na folha de rascunho;
  • cópia integral dos textos de apoio ou das questões do Enem;
  • assinatura, nome, apelido, codinome ou rubrica fora do local devidamente designado para a assinatura do participante;
  • texto predominante ou integralmente em língua estrangeira;
  • números ou sinais gráficos fora do texto e sem função clara;
  • parte deliberadamente desconectada do tema proposto;
  • letra ilegível, que impossibilite sua leitura por dois avaliadores independentes.

Quem são os avaliadores

As redações do Enem são corrigidas, assim como o resto da prova, pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Para se ter uma ideia, em 2019, mais de cinco mil pessoas foram escolhidas para serem corretores e passaram por um processo seletivo para isso.

Os examinadores devem ser graduados em Letras, não podem ser parentes de nenhum candidato, além de cumprirem outros requisitos. A escolha deles passa por dois estágios de eliminação e aqueles que passam ainda devem fazer um curso de capacitação.

Se quiser entender ainda melhor como as redações do Enem são corrigidas e como tirar a nota máxima na redação do Enem, veja meu vídeo abaixo:


Espero que este blog tenha ajudado você a compreender como as redações do Enem são corrigidas. Se tiver dúvidas e quiser aprender mais sobre redação e gramática, acesse meu site e inscreva-se para receber meus conteúdos!

SAIBA MAIS:

• Como ter uma redação nota mil

• Crase: regras, dicas e macetes

• Como as redações do ENEM são corrigidas?

Me acompanhe nas redes sociais: curta a minha página no Facebook, me siga no Instagram, se inscreva no Youtube e participe do meu canal oficial no Telegram.

Compartilhar:

Deixe uma resposta